COMO_SE_APAIXONAR_1441053261524812SK1441053261BSinopse: Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.
Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo.
Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?

 

Olá pessoal,

Essa é uma história inspiradora sobre como viver a vida, se apaixonar e fazer sempre o que te faz feliz.


Nossa protagonista Christine, tenta salvar um homem que está tentando se matar, mas falha. Isso acontece novamente em uma ponte algum tempo depois, dessa vez ela faz o possível para que a cena não se repita e o jovem não cometa suicido. Ela oferece ajuda e ele aceita com a condição de que ela prove que vale a pena viver, estipulando um prazo de duas semanas caso contrário ele vai partir para o plano inicial que é se matar.


Eu amo esse tipo de história, que nos mostra que mesmo que pensemos que nossas vidas são irreparáveis, ainda existem coisas e pessoas pelas quais vale a pena viver. Alguém estará sempre lá para nós e que nunca devemos desistir.
Christine, está passando por seus próprios problemas, incluindo seu casamento, sua família, seu trabalho, mas coloca tudo em espera para cuidar de outra pessoa, é uma coisa totalmente altruísta e até mesmo a ideia de tentar salvar a vida de duas pessoas é admirável, a primeira tentativa fracassada a fez se sentir culpada e eu me surpreendi muito quando ela tentou fazer o que podia para salvar outra pessoa.

dfdfdfd


Adam é o homem que ela resgata, ele sente que sua vida é inútil e não tem muita vontade de viver , por isso Christine o ajuda a reavivar um romance, resolver os problemas da família e sua carreira. É bagunçado, mas foi uma montanha-russa interessante.
Encontramos muitas partes engraçadas também!! Não é só desgraça e melancolia rsrs. Levei um dia para me apaixonar por Adam e Christine. Embora o romance no livro foi pouco (eu esperava por um epílogo mais longo e detalhado).

Como se apaixonar sem dúvidas foi um dos melhores livros que li em 2016, absolutamente devorei ele, embora não queria que acabasse. É muito gostoso se perder com Adam e Christine pelos cenários incríveis de Dublin ao longo da jornada e tenho certeza que muitos ensinamentos vou levar comigo para sempre.

"Momentos são preciosos; às vezes eles demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar"


Inspiradora, envolvente e instigante... leia Cecelia Ahern! Recomendo muito este livro! Maravilhoso!

Beijos e até a próxima

 

capa 1Sinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Olá pessoal,

Hoje vim trazer a resenha desse livro lindo que comprei na BF e me surpreendeu bastante, ela faz parte da Coleção Signos do Amor e logo mais resenhas da série por aqui ❤

No epílogo conhecemos um pouco do Archer , sua relação familiar está longe de ser perfeita, o pobre menino vive a infância com muito medo pois seu pai é um alcoólatra abusivo.

Quando conhecemos Bree a história muda de tempo, ela está em uma viagem de estrada rumo a pequena cidade de Pelion, fugindo de um passado terrível.

“O medo tomou conta de mim e fiquei imóvel, enquanto o barulho alto do trovão pulsava em meus ouvidos e a sensação do metal frio percorria o meu peito nu.”

Ela não tem planos definidos, mas quer criar algumas raízes temporárias enquanto decide o que fazer a seguir.

Não muito tempo depois, ela se encontra com o Archer, agora já um homem adulto. Diferente dos rapazes de 23 anos, ele se esconde através de uma aparência bem rústica, que todo mundo ignora.

Há uma química que leva Bree para Archer. Ela investiga a sua "história" e tenta desvendar o enigma por trás desse homem misterioso, em algum momento começa a passear com frequência numa praia bem próxima da casa dele...

“Fiquei boquiaberta quando ele ergueu a mão e sinalizou: Boa noite, Bree. Em seguida, virou de costas novamente e, segundos depois, tinha sumido. Encostei no meu carro e sorri como uma boba. ”

oiii

A determinação e bondade do Archer enquanto era cercado pelo ódio e desprezo, foi inspiradora. Ver ele sendo rejeitado pelo mundo foi doloroso de assistir. Ele não deu para as pessoas sua confiança e amor ao longo de muitos anos..., mas quando resolveu dar, se entregou completamente. Ele foi a luz na escuridão para Bree (É meio clichê, mas é verdade rsrs). Eu torci muito para que ele enxergasse o homem maravilhoso que era, que encontrasse seu caminho e acreditasse em si mesmo.

“Tenho que acreditar que algo bonito pode resultar de algo feio, e que chegará o momento em que conseguirei ver o que é. Você me ajudou a ver minha própria imagem, Archer. Deixe que eu o ajude a ver a sua. ”

É uma história de amor que restaura nossa fé na humanidade. A forma como é contada com alternância de pontos de vista, nos permite compreender melhor os personagens. Eu precisava recomendar esse livro e agradecer as amigas que indicaram, tenho certeza que se lerem vocês terão belas memórias, felicidade e muita emoção!

Beijos e até a próxima

 

capa

 

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

corte-da-nevoa-e-furia-big

O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

  • Skoob
  • Páginas:658
  • Nota: 5/5 estrela-brilhante_thumb[16]

 

Olá pessoal,

Mês passado eu li esses dois livros e ao invés de fazer duas resenhas, resolvi resumir um pouco do que achei dos dois juntos. (Sem spoiler rsrs). Pela sinopse eu não me senti muito atraída, mas a quantidade de hype sobre essa série me deixou curiosa.

A personagem principal Feyre, é filha de um casal de mercadores e após seu pai abrir falência ,ela vê a necessidade de cuidar de sua família, ajudando a garantir o alimento através da caça. Foi em uma caçada que ela matou um lobo solitário, não tinha ideia do que tinha feito. Ela não sabia que esse lobo era uma fada e então para pagar o assassinato que cometeu, foi levada para um mundo totalmente diferente, bem longe da sua família e dos humanos.

Quando conheceu esse mundo mágico ela só queria escapar e voltar para sua família, mas ao longo do tempo começou a aceitar seu destino, tentando ajustar-se a sua nova vida. Acaba se apaixonando por Tamlin, o Grão-Senhor Féerico da Corte Primaveril.

Mas as coisas se complicam, quando uma criatura terrível ameaça o mundo das fadas e somente ela tem o poder de detê-la...

Os livros são maravilhosos, tenho que admitir que é a primeira vez que li algo sobre fadas e adorei. Foi muito mais do que eu esperava, tem muita ação, bandidos na floresta, cenas de amor, uma heroína incrível, um cenário maravilhoso e tem Rhysand o Grão-Senhor Feérico da Corte Noturna, um personagem que eu odiava, mas isso mudou no segundo segundo livro , que é o melhor. É maravilhoso ver o desenvolvimento de Feyre que passou de insegura para uma mulher muito poderosa e responsável.

 

Eu não era um bicho de estimação, não era uma boneca, não era um animal.

Era uma sobrevivente e era forte.

Não seria frágil ou indefesa de novo. Não seria, não poderia ser destruída. Domada. ”

 

O que me decepcionou nessa história foi Tamlin, no primeiro livro a autora se esforçou tanto para fazer dele um ser amável para no segundo ele se tornar totalmente possessivo e machista com a Feyre, que havia se sacrificado, de corpo e alma para salva-lo, mas parece que isso não era suficiente.

Por isso meu coração agora é somente do Rhys, senhor da envergadura! (Quem já leu e é #TeamRhys vai entender o que estou falando) haha. Ele é meu personagem preferido dessa história e da vida. Ele é misterioso, amigo, leal e OMG! Não tem como não se apaixonar.

Uma guerra maior está se formando, com um inimigo maior e mais cruel e Feyre precisa fazer uma escolha. Será que ela vai ficar e lutar pela corte Noturna utilizando seus poderes recém adquiridos ou ela vai virar as costas e correr de volta para a Corte Primaveril, na sua “prisão bonita” que quase a sufocou?

Sem título

O final me deixou sem fôlego! Estou tão curiosa para ler o terceiro livro “A Court of Wings and Ruin ” que será lançado em Maio e por isso estou participando de uma campanha no Instagram para pedir para a Galera Record trazer o lançamento simultâneo aqui no brasil, quem gosta da série nos ajude por favor, vai que eles resolvem atender as nossos preces ?? É só utilizar a #acowarnobrasilemmaio .

Resumindo gostei de “ Corte de Espinhos e Rosas, ” mas “ Corte de Névoa e Fúria “ se tornou o melhor livro do ano! Por isso nem preciso falar o quanto eu indico né?

PS: Eu e algumas amigas estamos sorteando os dois livros e mais um no Instagram, se quiser participar é só clicar nesse link e seguir as regras, Boa sorte!

Beijos e até a próxima <3

 

download

 

Sinopse:Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

 

 

Olá pessoal,

Que resenha difícil, como resumir um romance que você ama?

Fallon é uma atriz cujo pai é um ator. Foi num almoço bem complicado com seu pai que um estranho bonito aparece para salvar o seu dia. Ben é engraçado, charmoso e caramba! Me apaixonei por ele, como não poderia?

Fallon e Ben passam um incrível dia de 09 de novembro juntos, a química é tão forte e louca que Ben propõem um acordo:

"– E se… – Ele para e me encara. – E se nos encontrássemos de novo no ano que vem, no mesmo dia? Todos os anos? Faremos isso por cinco anos. Mesma data, mesma hora, mesmo lugar. Vamos continuar de onde paramos esta noite, mas só nesse dia. Vou saber se você está fazendo seus testes de elenco e posso escrever um livro sobre os dias que passamos juntos."

A cada 09 de novembro, eles iriam se reunir e discutir os acontecimentos do ano que se passou. No entanto, eles não teriam qualquer contato antes dessa data, resolveram bloquear um ao outro nas mídias sociais, para que não caíssem na tentação de se perder em um relacionamento de longa distância.

"Se você não aparecer hoje, estarei lá no ano que vem. E no ano seguinte. Todo 09 de novembro, esperarei por você... está noite, ano que vem, ano seguinte, pela eternidade." .

Ben, é um escritor utilizando a inspiração dos encontros com Fallon para escrever seu primeiro romance. Fallon é uma boa leitora e eu adoro a forma como eles descrevem as coisas em termos "livrescos".

No meio do livro eu pensei que seria uma típica história de amor, mas as reviravoltas até as últimas páginas me deixaram em estado de choque. É muito comovente (estilo CoHo que muitos já conhecem) belo e inspirador.

Os personagens principais são ótimos. Eu aprecio Ben, porque é muito fácil se conectar com ele.Com Fallon tive alguns problemas no começo, eu achei ela fraca e insegura, mas ao decorrer da história eu comecei a amá-la e adorei ver ela melhorar e evoluir.

"Porque quando você ama uma pessoa, tem o dever de ajudá-la a ser a melhor versão de si mesma"

Eu adoro essa autora e cada vez que leio algo novo dela fico mais rendida e apaixonada pela sua escrita e criatividade. Eu amo como os seus livros me fazem sentir feliz e triste ao mesmo tempo. Ela me surpreendeu muito quando ligou os personagens de “O Lado Feio do amor” nessa história, foi tão sutil e perfeito. Se você não leu ,sugiro ler ele primeiro para entender as conexões.

Novembro 9, é um livro que me encheu de riso, emoção e lágrimas. Essa história tem tragédias, amor e uma reviravolta épica.Com tudo isto não poderia deixar de atribuir 5 estrelas. Recomendo muito essa leitura !

Beijos e até a próxima!