• Título: A Casa do LagoResenha-a-casa-do-lago-kate-morton
  • Autora: Kate Morton
  • Ano de lançamento:2017
  • Número de Páginas: 464
  • Editora: Arqueiro
  • Onde Comprar:
  • Classificação: Modelo3-4
  • Livro cedido pela editora*

Sinopse:A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.
Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros.A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.
Em A Casa do Lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica.

.

O livro se inicia com um suspense: de noite, na chuva, uma jovem cava secretamente um buraco na floresta, talvez ela esteja enterrando a evidência de algo que fez...

 

Em 2003, Sadie, jovem detetive, está passando pelo momento mais difícil em sua profissão. No seu último caso, ela cometeu um grande erro movida pelo instinto. Para evitar ser suspensa no trabalho, foi convidada a sair de Londres por um tempo até as coisas esfriarem.

 

Por conta disso, ela decide passar um tempo em uma cidade remota, chamada Cornualha, onde seu avô mora.

 

Em uma bela tarde, enquanto faz a sua caminhada diária, ela se depara com uma velha casa abandonada. Curiosa, ela recebe ajuda de um bibliotecário local e logo descobre que há décadas, algo terrível aconteceu naquela casa durante uma grande festa, Theo, o bebê da família Edevane desapareceu e nunca foi encontrado.

 

Sadie se vê envolvida nesse mistério e começa a buscar pistas que possam ter sido deixadas para trás, a sua investigação faz com que ela conheça uma famosa escritora policial, antes uma menina, agora uma Senhora, Alice Edevane. Que segredos do passado ela esconde?

 

resenha-a-casa-do-algo-katemorton-arqueiro-pintandoasletras

 

Uma vez que você acha que já sabe o que aconteceu, outra pista é lançada para desvendar o que você acha que sabe. O mistério é lentamente revelado e foi empolgante acompanhar os desfechos.

 

Eu adorei a história! O começo foi um pouco lento pois a autora descreve tudo nos mínimos detalhes, fiquei com receio de não gostar da leitura no final, porém me surpreendi completamente! A narração foi uma grata surpresa, ela mistura várias gerações, presente e passado, através de vários pontos de vista. O final infelizmente foi conveniente, quase um conto de fadas, mas todas as reviravoltas até chegar nele, valeram a pena.

 

Para aqueles que assim como eu, não conheciam o trabalho de Kate Morton e adoram uma ficção histórica (o livro traz vários relatos sobre a guerra) e um bom suspense, ativem seu modo detetive e mergulhem nos mistérios dessa história, você não vai se arrepender!